IMPRENSA

 


Embrapa apresenta biotecnologias
26/01/2021

Um conjunto de 42 ativos da Embrapa foi apresentado às empresas vinculadas à Associação Brasileira de Bioinovação (ABBI) durante a Rodada de Negócios Inovação em Biotecnologia Agroindustrial. São tecnologias em diferentes estágios de maturidade, ainda não disponíveis no mercado, ofertadas para cooperação técnico-financeira de codesenvolvimento, validação e/ou ampliação para escala industrial. Nas próximas semanas serão realizadas reuniões com cada empresa para avaliar as propostas individuais de negócios, conforme manifestações de interesse já encaminhadas à Embrapa.  

As tecnologias estão disponíveis no site da Embrapa, na seção ativos para parceria e a estratégia de aproximação com a ABBI deverá encurtar o tempo de espera do produtor por inovações em bioinsumos e tecnologias sustentáveis, capazes de reduzir a dependência de recursos de fontes fósseis, gerando impacto positivo sobre a biodiversidade e o ambiente.

O evento virtual reuniu executivos das principais empresas membro da ABBI – Amyris, Basf, DuPont, DSM, GranBio e Novozymes -, pesquisadores e dirigentes de  14  centros de pesquisa da Embrapa:  Embrapa Acre (AC), Embrapa Agrobiologia (RJ), Embrapa Agroenergia (DF), Embrapa Arroz e Feijão (GO), Embrapa Caprinos e Ovinos (CE), Embrapa Clima Temperado (RS), Embrapa Florestas (PR), Embrapa Gado de Leite (MG), Embrapa Hortaliças (DF), Embrapa Mandioca e Fruticultura (BA), Embrapa Meio Ambiente (SP), Embrapa Milho e Sorgo (MG), Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia (DF) e Embrapa Rondônia (RO). 

A diretora de Inovação e Tecnologia da Embrapa, Adriana Regina Martin, destaca o interesse da Empresa em fortalecer o vínculo com o setor produtivo, com foco na inovação e na identificação de oportunidades de novas pesquisas. “A inovação aberta tem destaque na agenda estratégica da Embrapa e esta rodada de negócios é uma grande oportunidade da Embrapa ampliar a inserção de suas tecnologias no mercado por meio de diversas modalidades de parceria com as empresas membros da ABBI”, ressaltou Adriana.

Thiago Falda, presidente da ABBI lembrou que o evento resulta de um trabalho desenvolvido conjuntamente pelas duas instituições, desde 2019, para que as empresas conheçam os ativos da Embrapa e possam fechar parcerias duradouras. O presidente do Conselho Diretor da ABBI e presidente para a América Latina da DSM, Mauricio Adade, ressaltou que a Embrapa vem demonstrando a importância da inovação para o País e transformando inovação em realidade. “Um dos aprendizados da pandemia da Covid-19 é ter mostrado a importância da colaboração e do trabalho em parceria, principalmente no campo da inovação, e essa rodada de negócios é um marco para estreitar o relacionamento entre a Embrapa e as empresas da associação, com vistas a transformar a inovação em um fator de avanço para o Brasil e em benefício de toda a população”, comemorou Adade. 

Os ativos tecnológicos apresentados pela Embrapa, durante o evento, foram desenvolvidos para as áreas de Insumos Agropecuários, Processos Biotecnológicos, Organismos Geneticamente Modificados (OGMs), Genes e Kits e, embora atendam interesses diversos das empresas, despertaram expectativas comuns. “Identificamos nesse portfólio da Embrapa ativos que tem aderência com as linhas de desenvolvimento da nossa empresa, que tem a sustentabilidade em seu DNA”, revelou Kellly Seligman, Gerente de Assuntos Científicos e Regulatórios da Amyris. Nessa mesma linha, o Gerente de Biotecnologia da GranBio, Júlio do Espírito Santo, comentou “há pontos de interesse comum para desenvolver parcerias e levar biotecnologias brasileiras para modelos de negócio de escopo global”.  

Organização do evento

A Rodada de Negócios Inovação em Biotecnologia Agroindustrial foi organizada pela ABBI e pela Embrapa – por intermédio da Secretaria de Inovação e Negócios (SIN) e do Comitê Gestor do Portfólio (CGPort) de Biotecnologia Avançada Aplicada ao Agronegócio (BioTecAgro), com o objetivo de levantar oportunidades de parceria e cooperação técnico-financeira entre a Embrapa e as empresas membro da associação e para identificar demandas do setor produtivo para pesquisas em Biotecnologia avançada. 

Como forma de proteger os interesses das diversas instituições envolvidas, foi previamente assinado um Acordo de Confidencialidade entre a Embrapa e a ABBI, uma vez que as empresas que manifestaram interesse em um ou mais ativos da Embrapa serão convidadas a participar de novas etapas de negociação.

Fonte: Embrapa - Selma Lúcia Lira Beltrão - Biotecnologia


  Voltar para sala da Imprensa

ARQUIVOS

Janeiro/2021
Outubro/2020
Agosto/2020
Julho/2020
Junho/2020
Maio/2020
Abril/2020
Março/2020
Fevereiro/2020
Janeiro/2020
Dezembro/2019
Novembro/2019
Agosto/2019
Julho/2019
Junho/2019
Maio/2019
Abril/2019
Março/2019
Janeiro/2019
Dezembro/2018
Novembro/2018
Outubro/2018
Setembro/2018
Agosto/2018
Julho/2018
Junho/2018
Maio/2018
Abril/2018
Março/2018
Fevereiro/2018
Janeiro/2018
Dezembro/2017
Novembro/2017
Outubro/2017
Setembro/2017
Julho/2017
Maio/2017
Abril/2017
Março/2017
Fevereiro/2017
Janeiro/2017
Novembro/2016
Outubro/2016
Agosto/2016
Julho/2016
Junho/2016
Abril/2016
Março/2016
Fevereiro/2016
Janeiro/2016
Dezembro/2015
Novembro/2015
Setembro/2015
Agosto/2015
Julho/2015
Junho/2015
Maio/2015
Abril/2015
Março/2015
Fevereiro/2015
Janeiro/2015
Dezembro/2014
Setembro/2014
Agosto/2014
Maio/2014
Abril/2014
Março/2014
Fevereiro/2014
Novembro/2013
Outubro/2013
Setembro/2013
Agosto/2013
Julho/2013
Junho/2013
 
 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

26/01/2021 - Embrapa apresenta biotecnologias
28/10/2020 - Invento pode estimular expansão da indústria de defensivos biológicos no Brasil
03/08/2020 - Pesquisadores desenvolvem primeiro sistema orgânico de manga do País
31/07/2020 - Ministério da Agricultura faz 160 anos
07/07/2020 - Inédito, maracujá roxo da Bahia é aposta para se tornar símbolo de produção orgânica

 

CONTATO

Avenida Sete de Setembro, 83, Lençóis - Bahia
CEP 46960-000   Caixa Postal 18
+55 (75) 3334 1092
contato@bioenergiaorganicos.com.br